Ele quer nos abençoar!

Em Marcos 3 Jesus cura um homem que habitualmente ia ao culto(ou seja, acreditava em Deus),
mas que tinha um problema de saúde…

Era normal par ao homem da mão mirrada ir a sinagoga, como é normal para nós ir ao culto, e
da mesma forma que aquele homem ia ao culto com aquela enfermidade, muitas pessoas tratam o culto
como um ritual religioso, algo que simplesmente tem que ser cumprido.
Se nos atentarmos que Jesus está conosco, que Jesus está no culto,
que ele quer nos abençoar, seremos abençoados independente dos fariseus e legalistas que estejam na igreja.

O homem atendeu a Jesus, quando Esse o chamou para vir á frente e obedeceu quando jesus ordenou que estendesse sua mão e houve cura!

O homem da mão atrofiada, não tinha todo o corpo doente, ele era saudável, mas sua mão carregava uma doença…muitas vezes isso
acontece conosco, tudo corre bem, mas há uma pequena parte da nossa vida que está sempre mau, precisa de um milagre, precisa do favor de Deus
para ser restaurada.

Observe que quando Jesus fala, o homem obedece de pronto! Em algum momento Ele
vai convidar você também para vir á frente, para se levantar do seu lugar e expor o seu problema, assumir diante de todos o que todos já sabem, mas te envergonha…
e então haverá restauração!

Isso não é um padrão, pois Deus não tem padrões, mas é uma das formas Dele operar….

 

Veja abaixo o texto bíblico: Marcos 3:1-5

1Em outra ocasião, Jesus entrou na sinagoga e encontrou ali um homem que tinha atrofiada uma das mãos. 2Alguns dos fariseus estavam procurando uma razão para acusar Jesus; por isso o observavam com toda a atenção, a fim de constatar se Ele iria curá-lo em pleno sábado. 3Então convidou Jesus ao homem da mão atrofiada: “Levanta-te e vem aqui para o meio”. 4Em seguida Jesus indaga deles: “O que nos é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal? Salvar vidas ou matar as pessoas?” No entanto, eles ficaram calados. 5Indignado, olhou para os que estavam ao seu redor e, profundamente entristecido com a dureza do coração deles, ordenou ao homem: “Estende a tua mão”. Ele a estendeu, e eis que sua mão fora restaurada